terça-feira, 5 de maio de 2020

Capítulo 3: O Sequestro de Padêzinha

No capítulo anterior de "Memórias de uma Ex-Piranha":


Depois de urinar no teste, fiquei com a Irmã Wanda esperando o resultado. Eu estava muito aflita, mas logo a notícia assustadoura veio: O TESTE DEU POSITIVO!! Sim, eu estava grávida de um homem desconhecido!! 

Irmã Wanda me consolou e disse que me levaria para um esconderijo com Karine Valentiny até tomarmos uma decisão cristã e inteligenta para aquela contenda. Cheia de lágrimas nos olhos, subi as escadas para pegar Karine Valentiny, mas algo pior aconteceu! Abri a porta do quarto e KARINE NÃO ESTAVA MAIS LÁ!!


SURTEI LOUCA EM CRISTO






Memórias de uma ex-piranha
Capítulo 3: O Sequestro de Padêzina
Autor: Deus 
Escritora e revisoura gramatical: Cleycianne Ferreira


- Calma, Cley! Vamos procurar Karine Valentiny debaixo da cama - disse Irmã Wanda tentando me acalmar.
- Irmã Wanda, não me diga mentirinhas, dói demais! Nem a Padêzinha está mais aqui.... Olha, deixaram um bilhete em cima de minha penteadeira! 

Em cima de minha penteadeira havia um bilhete com a seguinte mensagem:

"Sua neta foi sequestrada. Em breve entrarei em contato para pedir o resgate, vadia gospel!"

- Oh meu Deus! Sequestraram a Padêzinha, Irmã Wanda! - disse eu apavorada.
- E a Karine Valentiny também, Cley - acrescentou Irmã Wanda.
- Sim, lógico. Minha linda sobrinha também está sequestrada. Quem poderá ter feito isso? Como conseguiu entrar em minha casa!? Será o próprio Satanás? - questionei, deixando escorrer uma lágrima de meu olho esquerdo. 

Desci até minha ungida sala de jantar e chorei copiosamente em Cristo sentada em minha mesa de mogno, enquanto Irmã Wanda acariciava meus cabelos tentando me acalmar. Foi quando Layla Camile e Luana, sua esposa sapatã, entraram aos berros em minha casa:

- Sua criminosa!! - dizia Luana apontando para minha linda face.
- Criminosa descarada! Achava mesmo que não descobriríamos o que fez? Nosso prédio pode não ter porteiro, mas é cheio de câmeras! - disse Layla apontando o celular para meus olhos e mostrando minha imagem, em lindas vestes brancas, carregando Karine Valentiny pelo Hall de seu prédio.
- Eu só queria o bem de minha pequena, já que você Não-Binária e sua esposa sapatã jamais poderiam dar uma educação descente para a pobre criança - disse eu perdendo o controle e levantando da mesa num grande barraco em Cristo. 

Irmã Wanda, tentando apaziguar a contenda, levantou sua voz grossa e disparou:

- Mas agora precisamos de união, pois Karine Valentiny foi realmente sequestrada! Levaram ela do quarto de Cleycianne e deixaram esse bilhete. Precisamos chamar a polícia! - disse Irmã Wanda fazendo todas calarem suas bocas.

Layla Camile e Luana olharam assustadas para a Irmã Wanda, mas logo começaram a gargalhar sinicamente:

- Quem levou Karine Valentiny dessa casa, foi minha pai Wanessa. Nós pedimos que ela viesse aqui e desse um grande susto em você, Cleycianne. Crente criminosa!! Minha filha está sã e salva na casa dela - disse Layla Camile com muito ódio. 

Não pude acreditar, meu ex-marido Wandersson, que agora atende pelo nome de Wanessa, pois virou uma pessoa trâsngênica, havia armado um sequestro falso para me assustar e ainda me chamou de "vadia gospel"? Que absurdo! Que país é este?

- Não acredito! Isso é tudo uma pegadinha em Cristo? Vocês estão achando que eu sou algum tipo de palhaça satânica? - disse eu gritando muito, mas muito louca em Cristo.
- É o que você merece! Só não te denuncio para a polícia pois tenho pena da sua burrice, flop e ignorância. A partir de hoje és apenas a mulher que me colocou no mundo, apenas isso! Todo amor, ou qualquer sentimento bom que eu tinha por você, acabou! - disse Layla Camile cuspindo masculinamente no chão de minha casa. 

Empurrei Layla e sua esposa sapatã, abri a porta de minha casa e saí correndo em direção à casa de Wandersson, oops Wanessa, que mora há dois quarteirões de minha casa. Atrás de mim vieram Irmã Wanda tentando me proteger, Luana e Layla que gritava:

- Você nunca mais vai tocar na minha filha, sua criminosa!! 

Como tenho um bom físico, peso baixo e uma grande força celestial, consegui chegar primeiro que todas na casa de Wanessa. Arrombei o portão e já entrei gritando:

- Devolva Karine Valentiny agora, sua transgênica satânica! Jesus está ordenando!!

Wanessa já saiu da casa me peitando, com seus grandes seios:

- Você não tem vergonha na cara, não? Sequestrar nossa própria neta? E eu achando que você tinha melhorado... mas pelo jeito só piorou! Ficou mais maluca ainda!
- Lógico que eu piorei, fui casada com você! Que me abandonou, mudou de sexo e ainda se casou com meu ex-namorado! Você é o maior boy (garoto em inglês) lixo desse mundo!! E me diz, que história é essa de me chamar de "vadia gospel"? - questionei enquanto jogava o cabelo para o lado direito e para o lado esquerdo.
- Respeite meu gênero, pois sou uma mulher transgênero com muito orgulho! Nem casada sou mais, me separei, pois seu ex-namorado também não prestava! Se tem alguma culpada aqui, ela é você! Você tentou me curar durante anos, me forçou ser alguém que eu não era. Você é uma vadia gospel, sim!! - disse Wanessa apontando os dedos para minha face.
- Deus sabe que nada disso é verdade! Ele sabe! Agora deixe me ver minha neta! - disse eu bem imponente em Cristo.

Layla Camile, Luana e Irmã Wanda ficaram de longe apenas observando a contenda. Wanessa me mediu de cima à baixo e disse:

- Karine Valentiny está com o pai dela lá dentro, em segurança! Você nunca mais colocará as suas mãos sujas nela!
- Pai? Que história é essa? Layla Camile, você disse que foi apenas uma noite de sexo com um amigo do teatro! Ele participa também da criação de Karine? Como eu nunca soube disso? Como nunca conheci esse homem? - disse eu inconformada.
- Sim, ele sempre visita Karine Valentiny e se chama Vander. Nunca o apresentei, pois você faria de nossa vida um inferno pior ainda! - disse Layla Camile levantando suas sobrancelhas grossas. 

Foi quando na porta, surgiu um homem segurando Karine Valentiny e Padêzinha em seu colo dizendo:

- Se acalmem, vocês são família. Precisam resolver isso civilizadamente!

Quando olhei para rosto louro do homem, que parecia o de Jesus Cristo, não pude acreditar! É o mesmo homem que forniquei naquela fatídica noite, o homem que é o pai de meu filho!


VOMITEI EM CRISTO!






Não perca o próximo capítulo de Memórias de uma Ex-Piranha!

Leia também:
Capítulo 4: Sapatão raivosa

Colabore para incentivar a produção de material ungido para o blog e redes sociais.inc

8 comentários:

  1. Meu... Vander será pai em Cristo por duas vezes, nessa linda família. O bebê ou Bebéia, será prima em Cristo, e Layla Camile (não binária), terá uma irmã ou sobrinha? É isso mesmo produção? Chocados em Cristo! Cadê o Bolsonaro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu amava quando a gente dizia "cadê a Dilma", triste época ...

      Excluir
  2. Que plot twist foi esse meu gód

    ResponderExcluir
  3. " Irmã Wanda, tentando apaziguar a contenda, levantou sua voz grossa e disparou:"
    Tô preso nesse trecho imaginando a voz da irmã Wanda.

    ResponderExcluir
  4. PRESO NO TRECHO ABAIXO:

    "Irmã Wanda, tentando apaziguar a contenda, levantou sua voz grossa e disparou ... "

    ResponderExcluir
  5. Ermao ex-omossequisual25 de maio de 2020 02:37

    Que poha de video de Damares e' esse? Mais brega que o passado oco de Cley! Affffmaria!

    ResponderExcluir
  6. Adoro quando a irmã Wanda aparece com a camisa da suvinil kkkkkk

    ResponderExcluir